Artrose em Gatos – Degeneração das Articulações

Artrose em Gatos – Degeneração das Articulações

Artrose em gatos – doença articular degenerativa crônica, a doença mais comum apresentada pelos Felinos. Entenda mais sobre artrose em gatos e os tratamentos ideais.

A artrose em gatos, também chamada de doença articular degenerativa, é a mais comum doença apresentada pelos felinos. Atualmente, sabe-se que 22% dos gatos com mais de 1 ano de idade e 90% dos gatos com mais de 12 sofrem com algum grau de artrose, já apresentando sinais de alterações nas radiografias.

Apesar da artrose em gatos ser difícil de identificar, principalmente porque os felinos apresentam poucos sintomas de claudicação ou incomodo e seu porte ser menor e mais ágil, se comparado aos cães, a doença atinge boa parte dos felinos e deve ser levada a serio.

Como ocorre à artrose em gatos e qual a sua incidência?

A artrose felina é caracterizada pela degeneração crônica da cartilagem e dos ossos ao redor das articulações. Esse processo costuma gerar dor, desconforto e rigidez, muitas vezes limitando os movimentos mais comuns da rotina felina.

A artrose em gatos ocorre com mais frequência em bichanos acima do peso, que acabam tendo uma maior predisposição. Os cotovelos são regiões mais atingidas, porém, os joelhos, coluna e articulação do coxal (quadril) também podem ser pontos suscetíveis a doença.

Como são os sintomas e causas da artrose em gatos?

As causas podem ser diversas, por isso a importância do diagnostico profissional. Entretanto, algumas causas são mais comuns, como: degeneração articular, displasia articular, má formação congênita, ruptura de ligamento e outros.

Ao contrário dos cães, cujos sintomas são mais fáceis de detectar, os gatos apresentam poucos sintomas clínicos. A dificuldade de locomoção, de subir ou descer móveis talvez seja o sinal mais claro para identificar um gato que sofre com artrose.
Os diagnósticos são feitos na base de exames de imagem, como radiografia, ressonância magnética e tomografia. Os exames, em somatória com o histórico clinico, ajudam ao profissional veterinário chegar ao diagnostico mais preciso da provável causa da artrose.

Qual é o melhor tratamento para gatos com artrose?

A Rede PET FISIO trabalha com diversos métodos de tratamentos para cães e gatos que sofrem de doenças e lesões, desde problemas ortopédicos até neurológicos, ajudando no recondicionamento físico e melhora de qualidade de vida.

É importante dizer que a artrose não tem cura, mas é perfeitamente tratável, além de apresentar, na maioria dos casos, resultados positivos na rotina dos animais. A PET FISIO trabalha com métodos de tratamento como laserterapia, acupuntura, hidroterapia e outros. O intuito é reduzir a dor e o processo inflamatório local, aumentando a função articular e, quando possível, reduzir consideravelmente o progresso da doença.

Quer saber mais sobre a artrose em gatos? Procure uma unidade PET FISIO mais próxima de você e garanta um tratamento qualificado para o seu animalzinho. Venha ver como é possível manter a qualidade de vida do seu pet com métodos e tratamentos simples e eficientes.