Fisioterapia para Cachorro Voltar a Andar – Funciona!

Fisioterapia para Cachorro Voltar a Andar – Funciona!

Fisioterapia para cachorro voltar a andar: conheça a importância da fisioterapia animal. Veja quais técnicas de fisioterapia são utilizadas na reabilitação de pets

Encontre a unidade PET FISIO mais próxima de você e marque uma consulta agora mesmo!

Inicialmente utilizada como uma adaptação das técnicas que utilizamos em humanos, a fisioterapia veterinária vem ganhando cada vez mais terreno e respeito pelos resultados positivos que conquista na recuperação de pets com diferentes patologias.

Muitas vezes constatamos que nosso animalzinho possui algum problema ortopédico causado por um acidente, velhice e até obesidade, ou neurológico, seja ela uma doença genética ou adquirida. Por afetar, na maioria dos casos, os movimentos naturais de nossos pets, assustamos! Porém, vamos descobrir juntos nesse artigo quais as técnicas de fisioterapia para cachorro voltar a andar e quais os benefícios de quem tem na fisioterapia uma saída para manter a vida saudável dos pets.

Quando podemos dizer que a fisioterapia veterinária é necessária para meu pet?

Os profissionais veterinários são as pessoas indicadas para direcionar o pet para que faça sessões de fisioterapia, mesmo que em muitos casos as técnicas de tratamento podem servir também como forma de prevenção, sem a indicação inicial de um profissional.

De qualquer forma, quando bem realizada e em um estágio razoável do problema, a fisioterapia animal pode até mesmo substituir a necessidade de intervenções cirúrgicas, evitando futuros sofrimentos e adequando o pet em um condicionamento físico ideal.

Diversas patologias ortopédicas ou neurológicas são tratáveis com a ajuda da fisioterapia veterinária, seja como técnica essencial quanto como tratamento complementar. Dentre as que mais recomendam o auxílio da fisioterapia estão à luxação de patela e hérnias de disco, pois ajudam de forma decisiva na diminuição de inchaços e dores nos locais afetados, evitando quadros de inflamação.

Muitos casos de displasia coxofemoral também procuram nas técnicas de fisioterapia veterinária uma maneira eficaz e objetiva de fortalecer grupos específicos de músculos a fim de recondicionar o animal fisicamente, evitando dores, inchaços e auxiliando no retorno de suas funções articulares.

O sucesso da fisioterapia para animais também vem ganhando notoriedade no combate a obesidade canina, doenças endócrinas como a diabetes e de degeneração como osteartrose, pois ajuda no recondicionamento físico, aumento da resistência cardiovascular dos animais e melhora das articulações.

Você pode conferir mais casos em que a fisioterapia veterinária pode ser eficaz aqui! Na parte de indicações da Rede PET FISIO.

Desafios da fisioterapia para cachorro voltar a andar!

O principal desafio dos profissionais que lidam com pets que perderam movimentos ou sentem dor quando apoiam alguma parte do corpo ao solo é o de trazer confiança para as sessões de fisioterapia.

A ideia é fazer com que o pet se sinta bem, em casa, para que mova as partes do corpo afetadas quando estimulado, mesmo que involuntariamente, ou que ao menos tente realizar movimentos dentro das sessões.

É comum que, em muitos casos, os pets passem tanto tempo evitando determinados movimentos que, para não sentirem mais dores ou por não conseguirem realizar os movimentos por completo, evitem realizar determinados passos, deixem de apoiar uma pata ou até se acostumem a se arrastar pelo chão.

Por isso sempre aconselhamos que a fisioterapia veterinária, seja em qual técnica for, seja acompanhada por médicos veterinários fisiatras que saibam até que ponto é necessário ajudar ou incentivar o pet, deixando que ele evolua sua condição em seu tempo.

O acompanhamento profissional também é muito importante, pois, em alguns casos, os pets podem ainda sentir algum grau de dor durante as sessões, e para isso pode ser necessário o uso de anti-inflamatórios antes dos exercícios e a adequação de técnicas que não forcem tanto às musculatura, como a hidroterapia, como veremos a seguir.

Técnicas de fisioterapia veterinária!

Existem diferentes métodos de aplicação da fisioterapia animal, cada uma indicada para um determinado tipo de problema, pois possuem particularidades que os diferenciam uns dos outros. Veja:

· Cinesioterapia: nessa técnica são utilizadas bolas, pistas de obstáculos e pranchas de equilíbrio que auxiliam na realização de movimentos. É indicada para tratamento de diferentes problemas ortopédicos e neurológicos, e consiste na realização de diferentes exercícios terapêuticos e alongamentos que auxiliam na reabilitação animal.

· Eletroterapia: se utiliza de correntes elétricas para o tratamento de dores, aliviando seus efeitos e ajudando no fortalecimento dos músculos do pet que perdem massa muscular por problemas neurológicos como paralisia ou até ortopédicos que necessitaram de cirurgias.

· Ultrassom: auxilia no reparo dos tecidos e também ajuda em processos anti-inflamatórios, sendo muito utilizada após cirurgias ortopédicas. Também pode ser utilizado no tratamento de processos inflamatórios de articulações como a artrose.

· Massoterapia: utiliza a massagem como forma de diminuição da tensão nos músculos, quebrando o ciclo contínuo de dor, aumentando a circulação de sangue na região massageada, auxiliando a oxigenação e aumento da drenagem linfática e venosa. Ajudam também na liberação de nódulos nos músculos que causam dor e desconforto aos pets, sendo um excelente tratamento relaxante que libera endorfinas, aumentando a sensação de bem-estar.

· Hidroterapia: uma das mais completas opções de tratamento dentro da fisioterapia veterinária, pois se utiliza da água como meio de evitar os efeitos da gravidade quando entramos em contato com o solo duro, sendo uma técnica perfeita para o emagrecimento de cães, reabilitação animal, no trabalho de recondicionamento muscular como também no tratamento de dores nas articulações.

· Acupuntura: muito procurada atualmente, a acupuntura veterinária visa o alívio das dores e o aumento do equilíbrio muscular dos pacientes utilizando agulhas em pontos estratégicos. Pode ser um grande aliado na reabilitação do seu pet.

Encontre uma empresa profissional para auxiliá-lo na reabilitação do seu pet!

A Rede PET FISIO tem vasta experiência no tratamento de diferentes patologias através das técnicas de fisioterapia veterinária, sempre atendendo seus pacientes e tutores com respeito e profissionalismo, investindo em equipamentos de ponta e profissionais qualificados que realmente possam trazer resultados expressivos na reabilitação do seu pet.

Somos apaixonados por essa profissão e queremos ajudar seu animal a ter uma vida saudável e feliz! Encontre a unidade PET FISIO mais próxima de você e marque agora mesmo uma consulta. Veja como podemos traçar um programa de reabilitação ideal para o seu cão.

Artigos Recomendados