Endocrinologista Veterinário – Conheça Mais!

Endocrinologista Veterinário – Conheça Mais!

Endocrinologista veterinário: entenda as complicações e funções. Saiba como o endocrinologista veterinário pode trabalhar em união com a fisioterapia veterinária

Cães e gatos também possuem necessidades parecidas com as nossas e podem apresentar doenças que afetem as glândulas produtoras de hormônios (endócrinas), fazendo com que o endocrinologista veterinário seja importante para o tratamento de diversos problemas relacionados ao tema.

O endocrinologista veterinário é o especialista capaz de tratar doenças que afetam cães e gatos, como a diabetes mellitus, hipertireoidismo, hiperadrenocorticismo e obesidade canina. Tratando, não somente de problemas hormônais, como os que afetam o metabolismo dos pets.

Como é feito o trabalho prático de um endocrinologista veterinário?

O especialista endocrinologista animal, para fazer o diagnóstico endocrinológico, vai utilizar uma série de técnicas, conhecendo o histórico do animal, fazendo exames clínicos minuciosos, complementares, testes funcionais, dosagens hormonais, hemograma, ultrassom abdominal, testes bioquímicos e exames de urina.

Após os resultados, o profissional decidirá qual a melhor abordagem, se preocupando, na maioria dos casos, com a prevenção e tratamentos que tragam melhor saúde e condicionamento ao pet.

O veterinário endocrinologista pode atender animais com qualquer problema em glândulas secretoras de hormônios, sendo elas: ovários, tireoide, testículos, hipófise, adrenais e pâncreas. Tratando também de problemas relacionados ao metabolismo e as modificações químicas que as substancias sofrem no interior do organismo do pet.

Quais as principais patologias tratadas pelo endocrinologista veterinário

· Diabetes Mellitus: deficiência parcial ou absoluta de insulina (produzida pelo pâncreas), levando ao aumento da concentração de açúcar no sangue;

· Obesidade Canina: é a principal doença metabólica tratada pelos especialistas veterinários. Nesses casos, o cão ou gato apresenta maior ingestão de calorias do que o consumo das mesmas, ocasionando a alteração no balanço energético do animal. A obesidade canina reduz a qualidade e expectativa dos pets, levando ao animal apresentar problemas de mobilidade, cansaço, alterações cutâneas, roncos, entre outros;

· Hipertireoidismo: apresenta sintomas próximos aos da Diabetes Mellitus com aumento de apetite e emagrecimento, aumento da sede e frequência urinária;

· Hipotireoidismo: deficiência na produção dos hormônios tireoidianos, sendo basicamente o contrário do que ocorre no hipertireoidismo, levando o animal a ficar letárgico, preguiçoso e sonolento, tendo apatia, ganhando peso, perdendo pelos e podendo apresentar infecção cutânea;

A união da fisioterapia veterinária em alguns tratamentos indicados pelo endocrinologista veterinário!

A Rede PET FISIO conta os melhores profissionais e equipamentos para atender as complicações que se originam com o diagnóstico do endocrinologista veterinário. Na PET FISIO, você encontra diversos métodos e práticas fisioterápicas para combater a obesidade canina e reabilitar animais que necessitam de recondicionamento físico e articular.

A união do endocrinologista veterinário e os métodos de fisioterapia veterinária fornecem aos pets e seus donos a possibilidade de lutar por uma vida mais saudável e feliz. Quer saber mais? Entre em contato em uma das unidades PET FISIO mais próxima de você e garanta os melhores métodos da fisioterapia veterinária para o seu cão.

Artigos Recomendados