Alimentação para Cães – Tipos de ração

Alimentação para Cães – Tipos de ração

Alimentação para cães: entenda os diferentes tipos de ração. Saiba como unir a alimentação para cães com atividades qualificadas para a saúde canina

Quando falamos de alimentação para cães entramos em um terreno bastante polemico da área animal. Foi-se o tempo em que os cães comiam restos de comida e tocávamos a vida como se não houvesse maiores problemas com o tema. Entretanto, uma alimentação balanceada é crucial para o bom desenvolvimento e manutenção de uma vida saudável, tanto para cães como para humanos.

As rações para cachorros são desenvolvidas justamente para descomplicar e balancear os nutrientes necessários para a vida saudável do pet. Nesse artigo vamos elencar os tipos de rações e sua eficiência na alimentação para cães, tanto para quem está querendo modificar a rotina de alimentação do seu pet, quanto para quem está começando a alimentação de um filhote.

Alimentação para cães: os diferentes grupos de rações e suas classificações!

As rações para cães são divididas em 4 grupos e são classificadas de acordo com seus componentes e grau de digestão no aproveitamento dos componentes. Vejamos:

· Rações premium: são completas. Promovem nutrição balanceada, com qualidade de componentes e quantidade ideal de nutrientes para a manutenção da saúde do cão.

· Rações super premium: consideradas a versão completa de ração de qualidade. As super premium possuem nutrientes de ótima qualidade e em uma quantidade pré-determinada, garantindo a dieta perfeita para o cão, com a comodidade de estar pronta para consumo.

· Rações standards: as comerciais. São as rações de forte divulgação na mídia, líderes em venda. Fornecem uma boa alimentação para cães, apesar de muitas vezes não se encaixarem completamente no balanceamento nutricional correto para o cachorro.

· Rações populares: de preços mais acessíveis, proporcionam uma alimentação incompleta, mas não errada. É como viver de mingau, sem que morra de fome, mas que não complete a quantidade ideal de nutrientes que o corpo precisa.

Alimentação complementar: o que posso oferecer ao meu cão?

Existem alguns alimentos que consumimos que também podem servir como um complemento para os nossos cães, principalmente quando a ração não fornecer os nutrientes suficientes para eles. Dentre os alimentos liberados estão: frutas (sempre não acidas como mamão, melão, melancia, banana), vegetais (chuchu, alface e cenoura), arroz (sempre sem tempero), carne (cozidas e sem tempero), frango (sem pele e osso), filés de peixe, carne suína (sem tempero), peru e carneiro (sem tempero).

É importante ressaltar que a escolha deve sempre prezar por partes das carnes sem gordura, em quantidade moderada, caso optar por complementar a alimentação do seu cão. Além disso, a consulta ao especialista veterinário se faz necessária para que o cardápio seja sempre bem indicado e aproveitado pelo pet.

O que não devo dar ao meu cão?

O grande vilão da saúde do cão é o chocolate. Os doces são altamente nocivos e podem causar intoxicação, além de complicações e lesões no fígado. Além disso, é extremamente contra indicado oferecer ao cão: açúcar, café, cebola, ovo cru, uva-passa, abacate e macadâmia.

Não deixe de cuidar da saúde do seu cão com outras medidas além da alimentação!

A alimentação é tão importante quanto a pratica de atividade física. Caso seu Pet esteja com problema de peso, ou que precise de recondicionamento físico, a Rede PET FISIO oferece os melhores programas de emagrecimento, fortalecimento e recondicionamento físico do mercado.

Importante ressaltar que as rações light não são recomendadas para perda de peso. A ração light é balanceada para a manutenção do peso, ou seja, se seu cão perder peso com a ração light, ele não está emagrecendo de forma saudável.

A ração para perda de peso mais recomendada é a linha nutricional para Cães Obesos, mas não basta somente a ração e sim sua quantidade e frequência adequada, além de exercícios físicos controlados e indicados por um médico veterinário.

Encontre a unidade PET FISIO mais próxima de você e saiba como unir a alimentação para cães e a fisioterapia veterinária para garantir uma vida saudável ao seu cão.

Artigos Recomendados